Notícias

Chuvas causam deslizamento de terra na Grande BH; bairros de Raposos estão debaixo d’água 

Por Redação, 24/01/2020 às 09:08
atualizado em: 24/01/2020 às 14:30

Texto:

Raposos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, amanheceu com alguns bairros debaixo d’água nesta sexta-feira. O Rio das Velhas transbordou durante a madrugada e invadiu casas no Centro da cidade. Cerca de mil famílias estão desabrigadas. 

Chuvas são previstas durante todo o dia na região. Conforme populares, os bairros Várzea do Sítio, Morro das Bicas, e Matadouro estão alagados. “O pessoal está chorando, tem gente que perdeu muita coisa. Está muito difícil”, disse a moradora em entrevista à Itatiaia

De acordo com o prefeito de Raposos, Serginho da Bota, foi decretado estado de calamidade pública. Nós estamos colocando as escoloas municipais à disposição para receber os desabrigados”. 

Nova Lima

A MG-30 está fechada em Nova Lima, no sentido Belo Horizonte perto do condomínio Quintas do Sol. Um barranco deslizou, deixando muita terra na pista e o trânsito é desviado pela contramão.

Uma árvore  também caiu na BR 040, perto do viaduto da Mutuca, no sentido Belo Horizonte. Segundo a concessionária, faixa da direita está bloqueada, além do acostamento no km 546 com lentidão no trecho. 

Ibirité 

O Corpo de Bombeiros atende ocorrência de deslizamento de terra em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Parte de um barranco desabou sobre duas residências no bairro Durval de Barros. Não há vítimas. 

Uma casa desabou na rua Laranjeira, no bairro Piratininga. Não havia pessoas no imóvel no momento da queda, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

Betim

Ouro Preto 

Em Ouro Preto, na Região Central de Minas, as chuvas tem causado deslizamentos de terra. A cidade tem 313 pontos de risco alto ou muito alto. Aproximadamente 6,5 mil pessoas estão em situação de risco. 

Um deslizamento de terra foi registrado no Centro histórico da cidade. Duas propriedades foram atingidas na rua bendito Valadares. O município também está sem abastecimento de água, já que empresa responsável parou as estações de tratamento preventivamente para evitar danos permanentes.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link